30 de agosto de 2016

WISHLIST: Livros da Bienal 2016

A Bienal Internacional do Livro de São Paulo está a todo vapor, varias fotos de estandes criativos e de amados autores esta circulando pela internet, porém as maiores estrelas desse evento são os nossos amados livros.

FICA A DICA.
Você deve avaliar se realmente compensará adquirir dado livro já que não são todos os titulo que se disponibilizará em um preço mais baixo.

Como bons apaixonados pela leitura, nesse post listamos os livros que serão nossas novas aquisições!

  • Sonata Em Punk Rock
Autora(o): Babi Dewet
Editora: Gutenberg
*lançamento
Livro de uma das minha escritoras favoritas, Babi Dewet volta com o estilo de leitura super musical e romântica. Dessa vez a historia é sobre a Tim, uma guitarrista fã de punk rock que precisará superar suas inseguranças quando for estudar na Academia Margareth Vilela, na Cidade da Música.
O titulo faz parte de uma serie de três livro não seriados, cada um terá uma história diferente.







  • Mentira Perfeita
Autora(o): Carina Rissi
Editora: Verus

A autora já consagrada por seus títulos, Carina Rissi com seu mais novo livro onde uma nova historia é apresentada sem deixar de mostrar o que os demais personagens estão fazendo.













  • Raio de Sol
Autora(o): Kim Holden 
Editora: Outro Planeta

Vi varias criticas positivas pelas redes sociais sobre esse livro, mas o que me encanto foi descobrir que fora essa capa linda estamos tratando de um new adult. Um romance com diversos
secredos, e um amigo?













  • O Acordo
Autora(o): Elle Kennedy
Editora: Paralela 

Sei pouco sobre esse livro, ele é bem visto lá fora e pelos comentários caiu no gosto brasileiro.
Agora vamos ver o que o Canto da Janela acha.










  • Inigualável
Atora(o): Alyson Noel
Editora: Harpercollins

Outra autora também prestigiada está de volta, com uma proposta bem legal. Caminhos diferentes de entrelaçam em pela  Los Angeles.













Estaremos indo para a Bienal no sábado dia 3, tudo que for visto de bom e diferente tentaremos trazer aqui para o blog e lá no ig. Nos acompanhem estamos ansiosos para esse evento!!!!


22 de fevereiro de 2016

[Filmes] 50 tons de novidades

O gênero New Adult e Adult ganhou espaço nas livrarias e caiu no gosto dos leitores (culpada) através de títulos que se consagraram com uma facilidade que até assusta.

O principal título publicado que movimentou milhares de pessoas foi: Cinquenta Tons de Cinza. Quebrou tabus, motivou e até “inspirou” para tanto uma adaptação que rendeu alguns milhões de dólares e suspiros (principalmente meus).


Para fãs estas semanas tem sido gloriosas graças às milhares de notícias que começaram a bombar na internet depois das fotos que afirmavam que as gravações da franquia se iniciavam. Para tanto vamos a FIFTY SHADES:


Na terça feira passada (16 de fevereiro) a autora EL James publicou uma foto em sua rede social com os dizeres: “Primeiro dia de #FSD Boa sorte para todo o elenco e equipe." Dando assim o início das gravações de Cinquenta Tons Mais Escuros.


Depois dessa imagem veio as revelações tanto para esse quanto para o próximo filme da franquia. Que venham os personagens confirmados!!! 


As atrizes Fay Masterson e Robinne Lee interpretaram respectivamente: Gail Jones, conhecida como Sra. Jones que trabalha na casa de Grey e Ros a mão direita de Christian e vice-diretora de sua empresa.

Já Leila Williams, uma das submissas de Christian que perseguirá Anastasia será vivida pela atriz Bella Heathcote, enquanto Arielle Kebbel dará vida a Gia Matteo, uma bela arquiteta contratada por Grey para construir sua casa.

O lindíssimo rival de Christian Grey e chefe de Anastasia será vivido por Eric Johnson que interpretará Jack Hude, o personagem vai se apaixonar e perseguir a amada de Grey  

O ator que irá fazer o papel de Luke Sawyer, segurança contratado para proteger Anastasia será Brant Daugherty, conhecido por seu papel na série Pretty Little Liars. 

Para acompanhar as carinhas já conhecidas, a linda cantora Rita Ora viverá o papel da irmã de Grey, Mia. 

Para finalizar, a personagem mais aguardada agora ganha forma na mente de nos leitores. Kim Basinger será Mr. Robinson, primeira experiência sexual de Grey e quem o apresentou ao mundo do BDSM.  

Muita coisa ainda virá até a finalização das gravações, algo como: será que Jamie Dornan aceitará as propostas para mostrar mais de seu corpo? Como o primeiro filme trouxe uma trilha sonora perfeita fica a dica da musica PILLOWTALK, super de acordo com o livro e serve de motivação para quem vai iniciar a leitura antes da adaptação.

23 de janeiro de 2016

[Resenha] Ex-heróis - Peter Clines

 Boa tarde, gente! Como vai o fim de semana? Hoje a resenha é de um livro com mais ação e menos romance haha 

http://www.saraiva.com.br/ex-herois-5807065.html?mi=VITRINECHAORDIC_frequentlyboughttogether_product_5807065
Livro: Ex-heróis

Autor: Peter Clines

Editora: Novo Século

Páginas: 340

Ano: 2013

Stealth. Gorgon. Regenerator. Cerberus. Zzzap. Mighty Dragon. Eles eram heróis usando suas habilidades sobre-humanas para fazer de Los Angeles uma cidade melhor e mais segura. Até que uma terrível praga mortal se espalhou pelo mundo. Bilhões morreram, e hordas de zumbis levaram toda a civilização à ruína. Um ano depois, Mighty Dragon e seus companheiros são os protetores dos sobreviventes, refugiados em um estúdio de cinema transformado em fortaleza, o Monte. Assustados e traumatizados, os heróis combatem os vorazes exércitos de ex-humanos nos portões, lideram equipes para procurar por suprimentos e lutam para serem verdadeiros símbolos de força e esperança. Porém, os famintos ex-humanos não são as únicas ameaças que os heróis devem enfrentar. Velhos aliados, com poderes e mentes horrivelmente destorcidas pela morte, ocultam-se nas ruínas da cidade. E apenas poucos quilômetros os separam de outro grupo, lentamente acumulando poder e liderado por um inimigo coma habilidade mais aterrorizante de todas.


Ex-heróis é o primeiro livro da série de Peter Clines e traz a introdução dos heróis do Monte juntamente dos Ex’s. O que me chamou a atenção é claro que foi a premissa de um crossover entre The Walking Dead e Os Vingadores e eu não terminei o livro decepcionada. Foi um ótimo livro para dar uma pausa em tantos romances. 

Os capítulos são alternados em antes e agora, sendo antes a narrativa do início do surto que transformou todos em mortos-vivos e também o surgimento de cada herói, e o agora a história dos sobreviventes que encontraram abrigo no Monte, um estúdio de cinema que se transformou no abrigo de Los Angeles. 

Ao longo da história conhecemos St. George, o herói que mantém a admiração da população e que é “vice” no comando do monte. É possível ler sobre sua importância na atual situação da cidade e ver como ele começou sua história como herói, no início tendo o nome de Mighty Dragon. Ele pode voar, pode soltar fogo pela boca e tem um carisma que com certeza faz parte de sua personalidade. 

Além de St. George, Gorgon também é importante para o desenvolvimento da história. Admito que levei algum tempo para descobrir qual era o super poder dele e como isso não é revelado logo de cara, acho melhor deixar para quem for ler descobrir. O Monte tem como líder a misteriosa Stealth, que também pode ser levada como antipática dependendo do ponto de vista. Zzzap, um dos meus favoritos, é divertido e é uma “bola de energia” para explicar de forma resumida. E Cerberus, um titã de metal controlado por Danielle que era para ter sido uma arma do governo americano.

Logo no começo é narrado como é a relação das pessoas com os ex’s. O Monte possui muros em sua volta que o torna uma fortaleza, com zumbis perambulando pelas ruas do lado de fora. Os heróis fazem as rondas e buscam suprimentos, mantendo os civis seguros dentro do perímetro. Mesmo apenas com esse embate entre sobreviventes e mortos-vivos eu já estava adorando o livro, porém há uma reviravolta com o correr dos capítulos. Não só existem ex-pessoas como também há um super vilão em Los Angeles! 

Então, o livro conta com uma boa dose de ação combinada com uma boa narrativa de zumbis. Gostei muito do fato de ter uma história legal por trás dos heróis e dos ex’s em vez de apenas ter cenas de lutas jogadas nos capítulos. Outro ponto positivo é que (cuidado com o spoiler) a história tem um desfecho, não é aquele livro “se você quiser saber o fim da batalha compre o próximo”. Claro que tem uma linha de continuidade para a série, mas se você não estiver no clima para séries, ler apenas ele já é bem legal. Eu já li o segundo e estou querendo começar o terceiro da série, super recomendo ler o restante dos livros mesmo com o primeiro sendo tão legal sozinho. 

20 de janeiro de 2016

[Resenha] Proibido

Boa noite, leitores! Hoje temos a resenha do livro Proibido, da Tabitha Suzuma. Alguém aí já leu? 

Título: Proibido
Autora: Tabitha Suzuma
Editora: Valentina
Lançamento: 2014
Número de Páginas: 432

Ela é doce, sensível e extremamente sofrida: tem dezesseis anos, mas a maturidade de uma mulher marcada pelas provações e privações da pobreza, o pulso forte e a têmpera de quem cria os irmãos menores como filhos há anos, e só uma pessoa conhece a mágoa e a abnegação que se escondem por trás de seus tristes olhos azuis.
Ele é brilhante, generoso e altamente responsável: tem dezessete anos, mas a fibra e o senso de dever de um pai de família, lutando contra tudo e contra todos para mantê-la unida, e só uma pessoa conhece a grandeza e a força de caráter que se escondem por trás daqueles intensos olhos verdes. Eles são irmão e irmã.


Ela com seus dezesseis anos, linda, determinada e extremamente marcada pelo sofrimento em que vive. Ele com seus dezessete anos, brilhante, tímido e super responsável pelos que ama. Juntos Maya e Lochan cuidam dos três irmãos pequenos, já que a mãe alcoólatra não se preocupa com a família e o pai não se importa mais com a vida de nenhum deles.

Em meio a uma vida conturbada onde dois adolescentes se tornam pais, a amizade entre eles sempre existente começa a tomar um caminho diferente, a rotina maçante e estressante onde aconselham os estudos, família e o futuro que vem com a idade adulta os une em meio a grandes responsabilidades.

O amor entre esses irmãos se mostra proibido, tanto aos olhos dos demais quanto da justiça, colocando a felicidade dos outros irmãos em jogo. Como parar algo tão bom pode ser justo? Como o amor pode ser julgado? Como uma história dessas terá um final feliz?

Esse foi um livro que escolhi aleatoriamente para ler e não me arrependi, ele carrega tantos pontos positivos quanto negativos, mas eu recomendo.

A escrita da autora é fantástica, te aguça a ler e a refletir, a construção dos demais personagens não deixa a desejar e o tema tratado é algo completamente diferente aos da atualidade. Eu amei a história e todo o seu desenvolvimento, porém o final foi algo que em minha opinião deixou muito a desejar.

Por fim a melhor conclusão a se ter é: toda a forma de amor é considerada válida? 

"No final do dia, o que importa é quanto você pode suportar, quanto tempo você vai durar."
 renata massa